Os pescadores estão constantemente à procura de novos pesqueiros. Nunca estão satisfeitos. Sempre querem mais e mais. Acham que os melhores locais são os mais longes. Com isso são quase nômades.

Certa ocasião foram anzolar em um local chamado Cachoeira do Manteiga, um antigo quilombo. Deliraram com o local por ser muito bonito e excelente pesqueiro. O melhor do que conheciam. No local, um pequeno lugarejo paupérrimo, resolveram então construir um clube de pesca. A luta foi imensa. Para o local não existiam estradas, apenas trilhas que não permitiam automóveis, caminhões nem pensar. Todo o trajeto era puro areião, não havia nenhuma estrutura para estradas. Os pescadores, para chegarem ao local, procuravam companhias. Era sertão dos mais bravos existentes em Minas Gerais.

Resolveram por mãos à obra. E como penaram. O local mais próximo era Pirapora. Nessa cidade foram comprados alguns materiais como tijolos, telhas, cimento, etc. E alguns foram comprados em Franca, Estado de São Paulo, em Sete Lagoas e outras cidades. Todo esse material tinha que ser transportado pelos navios gaiolas, que demoravam muito.

Outra dificuldade era a mão de obra, toda ela era difícil e cara. Devemos ao Ézio Viggiani, Paulo Senna Horta, Adélcio Zacheta e Luiz Leivas os primeiros passos para o surgimento de nossa Sede. Foram os grandes heróis sem os quais não teríamos nossa Sede.

Naquela época não tinha estradas, liquinho a gás, eletricidade, etc. Os seguidores desses heróis foram introduzindo constantes melhorias, tornando essa Sede a maravilha que é. Para ter ideia, até o leito do rio em frente ao Clube foi alterado. Não era possível convidar nossas queridas esposas e filhos para nos acompanhar. A finalidade única do Clube não foi nosso deleite. Prestamos socorro à população local inúmeras vezes, entre os quais amparo na ocasião da enchente. Mandamos caminhões contendo alimentos, roupas, calçados, remédios, etc.

Até agora foram presidentes da entidade os senhores: JOÃO SENNA HORTA, ÉZIO VIGGIANI, PEDRO STUDART, CELSO TEIXEIRA, NILTON BALDO, MARCOS ANTÔNIO ALVES RIBEIRO, MARCOS ANTÔNIO LOUREIRO, SIDNEY FANTINI, JOSÉ DE ARAÚJO, JOÃO DANIEL FERNANDES INGLÉSIAS, WALDIR DOS REIS, EDSON FERNANDES GONÇALVES e o atual, LUCÍLIO SILVA. Não nominamos inúmeros outros colaboradores para não cometermos injustiças.

Colaboração,

Celso Teixeira